É histórico marchar por liberdade religiosa em Angola – Pastor Jorge Baptista

Jorge Baptista é o líder do ministério Adonai, encontramos-lo no parque do cemitério da Santa Ana onde juntou-se aos demais cristão que decidiram marchar no dia 1 de Dezembro de 2018, em solidariedade para com todas as igrejas encerradas um pouco por todas as províncias do país.

“É histórico para Angola haver uma espécie de cerceamento da liberdade de crença e de culto religioso, o que impõe que a igreja saia das quatro paredes”. Questionado sobre as motivações pessoas que o moviam para participar, Jorge Baptista considerou que a temática da manifestação explica por si só as razões “ é uma marcha pacífica e de solidariedade para com as igrejas que viram a sua liberdade cerceada, independentemente da denominação, a minha expectativa é que houvesse um número maior ainda não importando se fossem reconhecidas ou não porque o que está em causa aqui a liberdade de culto”

O pastor encorajou os cabeças da iniciativa e louvou o gesto dos que aderiram. “ eu estive a pensar enquanto orava que isso é uma semente, um número ainda reduzido, mas pode gerar uma explosão de colheita”,  concluiu o líder religioso.

Comente

Instagram did not return a 200.