Igrejas que crêem na palavra descrêem no poder – Hernandes Dias

Com mais de 90 livros escritos, Hernâni Hernandes Dias Lopes é o pastor presbiteriano mais aceite nas igrejas tradicionais e neopentecostais do Brasil e não só. É a sua primeira vez em Angola e concedeu uma entrevista a Revista Supremo onde falou de fidelidade, zelo na obra de Deus, casamento e muito mais.

Revista Supremo (RS) : Não sei se acontece o mesmo no brasil, sobre a questão da comercialização do evangelho, qual é a sua opinião em relação ao comercio da fé?


Hernandes Dias (HD) : É exactamente a preocupação no Brasil, hoje existe o pragmatismo religioso e muitas igrejas estão se transformando em empresas, pregam o evangelho com fim da obtenção do lucro. 

Transformando a igreja em uma empresa, o púlpito num balcão, o evangelho em produto e os crentes em consumidores. 

Não se sabe se pregam o dinheiro para ganhar dinheiro ou se ganham dinheiro para pregar o evangelho, distorcem a palavra, não pregam o verdadeiro evangelho, comercializam a mensagem, isto não é evangelho e não podemos concordar com estás práticas.

RS : Qual deve ser o posicionamento da igreja nestes tempos?


HD: A igreja precisa voltar para as escrituras e pregar a verdade. Quando pregamos a verdade denunciamos a mentira, quando pregamos a sã doutrina os desvios doutrinários são denunciados. Cabe a igreja voltar para as escrituras, pregar CRISTO, a nossa mensagem é ELE, e anunciar o verdadeiro e genuíno evangelho, a luz prevalece sobre as trevas, a verdade prevalece sobre a mentira, a integridade sobre o dolo, penso que a igreja está atingir uma nova reforma no século 21 e de um grande reaviramento espiritual.

RS : Tem algum receio sobre os ministérios de jovens, ou líderes jovens ?


HD: Não há problema nenhum em relação a faixa etária, o que importa não é com quantos anos a pessoa está a iniciar um trabalho, mas se ele é fiel, o mais preocupante é se ele é praticante da palavra, se ele prega o evangelho de Deus. 

Se ele prega o evangelho, a bíblia diz que o Espírito Santo seria derramado sobre velhos e jovens, sobre homens e mulheres, filhos e filhas, então o que é importante é que está mensagem anunciada seja a verdadeira, pura, que se prega o evangelho e não outro evangelho ou falso evangelho.

Diz a bíblia no Salmos 119, 71 que o sofrimento levou Davi a maturidade, e que ele era mais sabio do que os velhos, mesmo sendo jovem, por que ele tinha compromisso com a palavra de Deus.

RS : Uma das suas afirmações é “Véus mais longos e casamentos mais curtos” o que quer dizer com isso?


HD : Que o casais estão mais preocupados com o glamour das festas e não com a vida conjugal. Preparam demais os aparatos, o cerimonial, as peças, a recepção, a beleza do vestido, o corte do terno a usar no dia do casamento, a lua de mel e se conversa muito pouco sobre o que é casamento, o que relacionamento, o que constituir uma família aos pés do senhor.


RS : Qual é a sua perspectiva sobre o ministério profético?

 

HD : O que eu entendo é que profecia é a proclamação da palavra de Deus, não creio que haja novas revelações hoje fora das escrituras, tudo que Deus precisava revelar para o povo DELE, já revelou, de quatro formas: Primeiramente se revelou na natureza, os céus proclamam a sua glória, anunciam as obras das suas mãos; Segundo ELE se revelou na nossa consciência, nós temos um tribunal dentro de nós, trabalha em julgar o certo do errado; Terceiro nas escrituras, a palavra de DEUS é inerrante, infalível e suficiente e em Ultimo se revelou de forma completa e final em JESUS CRISTO SEU filho, então esperar novas revelações hoje é deixar de lado o que ELE já fez, ELE já completou a revelação, para mim ministério profético hoje é aquele que mergulha na palavra de Deus e proclama a palavra de DEUS, em vez de levar o povo para fora da bíblia e trazer novas revelações que certamente são perigosíssimas que tem como base o subjectivismo humano e não as escrituras sagradas. 

RS: O evangelho de Deus sempre foi marcado por sinais e manifestações de poder e muito mais, hoje temos mais igrejas e pouco evidencias destas demonstrações, o que tem a dizer sobre isto?


HD: O grande problema hoje é que muitas vezes as igrejas que mais querem palavra descrêem no poder de Deus e aquelas que mais fazem propaganda do poder de Deus não querem conhecer a palavra de Deus, as duas coisas deveriam andar juntas. O grande problema é quando se usam as maravilhas e os sinais como marketing, as vezes até proclamando milagre que não acontecerão, apenas para trazer a atenção para o homem e a sua exaltação, quando olho para bíblia vejo os milagres acontecerem não dentro da agenda do homem, não programado pelo homem, não se colocava uma faixa na porta de Deus hoje vai ter milagres, isto está dentro da economia de Deus, isto aí é ELE que faz, quando quer, onde quer para sua PRÓPRIA Glória.


RS: Vem para Angola qual é a mensagem que nos traz?


HD: Trago uma mensagem de esperança, para este país tão bonito e extraordinário, que o evangelho cresça, prospere e floreça nesta terra e que o povo angolano conheça o Senhorio de Cristo e se submeta a ELE, que a Igreja de angola possa ser uma igreja saudável, fiel as escrituras e a Jesus Cristo, que prega o evangelho com simplicidade, pureza, integridade e paixão no poder do Espirito Santo de Deus.


RS: Fala muito sobre Integridade, lealdade e fidelidade, porque?


HD: Porque penso que é a síntese do evangelho, DEUS nos chamou para sermos fies, não nos chamou para sermos famosos, para sermos estrelas, ELE nos chamou para sermos fiéis, o que importa é que os mordomos e os despenseiros seja encontrados fiéis.

 

RS: A Revista Supremo é uma revista completamente evangélica, qual palavra deixa ?

 

HD: Minha palavra é que continuem servindo a Deus com alegria, com entusiasmo, com fidelidade,  com zelo, com paixão, entendendo que nós não administramos resultados, cabe a nós semear e regar e colher, mas o crescimento vem de Deus. Então mesmo não vendo o resultado do nosso trabalho, eles estão sendo contabilizados nos céus e isto é que importa.

 

Entrevista : José Kundy
Fotografia : Ailton Silva

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.